7

Baixa umidade do ar, maior concentração de poluentes, temperatura mais fria e mudanças bruscas no clima favorecem a proliferação de
doenças respiratórias a partir do outono e durante o inverno. Além das doenças crônicas como asma, pneumonia, bronquite, rinite e sinusite, aumentam as chances de pegar gripes e resfriados e do aparecimento de alergias respiratórias.
Lembre-se sempre de se hidratar, arejar a casa quando houver sol, umidificar o ar e lavar as mãos com frequência. A automedicação pode mascarar os sinais do verdadeiro problema e prejudicar sua saúde.

 


#HCJEspecialidades #Doenças #Inverno #Cuidados